quinta-feira, 7 de novembro de 2013

VIOLENCE


Hoje andava a ver a notícias no Jornal de Noticias para me manter minimamente actualizada, e só me deparo com notícias de jovens e pais violentos. Ora vejam:

Professora sem sentidos após agressão na escola : uma mãe de uma alunos de 6º ano agrediu uma professora de Educação visual.

Aluno violento forçado a ir às aulas com a mãe: O aluno de seis anos suspenso da escola de Mesquitela, Mangualde, após ter mordido dois colegas e uma professora, poderá regressar às aulas, desde que acompanhado em permanência pela mãe.

Matou à facada mãe que lhe exigia notas máximas: Jovem de 16 anos esfaqueou a mãe até à morte na moradia onde viviam, em Cascais, depois de uma discussão sobre as notas escolares. Após o crime tomou banho e, quando foi detido, estava a ouvir música no quarto.

E de certeza que estes não foram os únicos casos. No meu tempo se eu me portava mal era a minha mãe que me batia ou que dizia à professora para me castigar. E eu tinha que aceitar caladinha sem refilar. E, para além disso, eu não me lembro de existirem assim casos tão flagrantes como estes e outros mais antigos (lembram-se da história do "Dá-me o telemóvel já?").
Gente maluca sempre houve e sempre vai haver. Mas parece que agora há cada vez mais. 

8 comentários:

  1. Não se pode ler as noticias em jornais, é só misérias. Acidentes, mortes, roubos, etc etc.
    Na tv é tudo corrido com a crise e futebol. Credo Credo.

    [DESABAFOS E COISAS]

    P.S.: Vê o meu ultimo post: ♥ FOTOS | Fukuoka, uma ilha dominada por gatos

    ResponderEliminar
  2. Hum... Eu sou criminóloga e uma das coisas que danos é que a imprensa escolhe este tipo de noticias porque causam choque nas pessoas e levam a vender mais jornais, no entanto passam a ideia errada de que agora toda gente é assim. De que estamos menos seguros, mas esses são casos raros, Portugal ainda é dos países mais seguros do mundo.
    Claro que há que ter em conta esses casos e trabalhar de modo a que sejam minimizados, mas também não lhe podemos dar muito valor. Se não vai acontecer como aconteceu em Espanha em que um miúdo tentou matar um monte de gente na escola porque queria aparecer na televisão e apareceu.
    Convém olhar para as noticias com sentido critico. ;)

    ResponderEliminar
  3. Isso era a primeira capa da JN, fiquei chocada também, é que tem sido assim, quase dia sim dia sim..

    ResponderEliminar
  4. Eu concordo com a Katty apesar de achar que cada vez estamos pior em termos de violência e de os miúdos andarem todos malucos!

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar