domingo, 15 de dezembro de 2013

RÚBRICA - SEXUAL LOVE ♡ 2


De acordo com a votação o tema desta rubrica vai ser Posições Sexuais. No início não sabia muito bem como falar sobre este tema. Se iria dar exemplos de posições, se iria falar das que mais gosto, ou se haveria de falar de outra coisa qualquer.
Vamos lá ver o que sai daqui.
Experimentar posições novas é sempre giro para vermos até que ponto o nosso corpo e o do parceiro aguentam. Para além disso, é também muito bom acrescentar alguns adereços para apimentar as coisas. Mas disso, falamos noutro dia.
Há posições mais difíceis que outras, umas que dão mais prazer, outras que dão um bocadinho de dor, umas que é preciso muita flexibilidade, outras que é preciso muita força de braços ou pernas. 
É sempre bom variar para não nos aborrecer-mos, pelo menos é o que o meu namorado diz. Ele gosta muito de inventar, e todas as vezes que fazemos amor é diferente. Acrescentara posições novas, faz por ordem diferente, fazemos umas vezes mais depressa, outras mais devagar.
Quando se começa a vida sexual, aquela posição base que toda a gente faz é a posição de missionário (o rapaz em cima da rapariga).  Depois, para se começar a experimentar algo de novo pode-se começar a fazer várias variações dessa posição: enrolar as pernas em volta da cintura do parceiro, colocar uma perna para cima e outra para baixo (quase como se estivesse a fazer a esparregata), etc. Aqui ficam algumas imagens (são só bonecos, não se assustem):


The Toad
(Uma posição simples, mas muito confortável, íntima e que me dá muito prazer)
The Grip
(Nesta aqui, tenho que algumas vezes apoiar as mãos nas costas para aguentar nesta posição, se não começo a cair e acabo por ficar deitada)

The Cross
The Hero
The Snail

Posso dizer que destas já experimentei todas, e ainda mais algumas variações. Podem parece muito parecidas, mas sentem-se de maneira diferente.
Quando se está a fazer o amor, não se diz «Vá, vamos agora fazer a posição X.» Simplesmente as coisas fluem, levanta-se uma perna, ele vira-te de lado, tu sobes para cima dele. É de acordo com o momento e com a vontade dos dois.
Uma forma que eu gosto muito de fazer, é estando por cima dele. Dessa forma, acabo por ser eu a ter o controlo. Sou eu que sei a velocidade, força e intensidade que quero, assim como os movimentos. Também existem várias posições:
The Crouching Tiger

The Basket
(Adoro esta, porque permite muito contacto e intimidade entre o casal. Podem-se beijar, acariciar, podes agarrar-lhe o cabelo, beijá-lo no pescoço. Ele pode beijar-te os seios, abraçar-te e morder-te.)
The Clip
(Esta tembém é uma das que me dá mais prazer)
The Reverse Cowgirl
The Amazon
(Esta, tal como a posição The Basket também permite muito contacto e troca de carícias entre o casal. Se não tiverem um bancomo o da imagem podem adaptar e fazer numa cadeira ou na ponta da cama. Resulta igualmente bem)

Numa próxima rúbrica hei-de mostrar novas posições, mas mais dificeis, que já exigem mais estaleca e perícia. Agora vou ficar por aqui, porque este psot já se está a estender muito. O que acharam?
Deixem dicas, sugestões, conselhos, perguntas, dúvidas. 
Podem pedir algum tema que gostassem de ver aqui debatido. 

25 comentários:

  1. qual a mais indicada para a 1ª vez? missionário?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha primeira vez fiz muitas posições. Comecei com a de missionário, mas depois fiz outras tantas. Até em cima da secretária estive e quase que fiz o pino. Estava muito atrapalhada, mas como o meu namorado é experiente, pôs-me muito à vontade e explicava-me como queria.
      Acho que na primeira vez deves fazer aquelas que achares mais confortável para ti. A de missionário é aquela mais básica e simples de fazer, sem grandes complicações. Depois a partir daí, se te sentires confiante, podes começar por fazer umas pequenas modificações a essas posições, como algumas das imagens que aqui pûs. Também podes "rebolar" para cima dele, e ficares por cima. Também é fácil, e assim tens mais controlo e fazes de acordo com o que te sentires mais confortável :)

      Espero ter ajudado ;)

      Eliminar
  2. Só te digo uma coisa... adorei por completo esta rubrica! Neste momento, não tenho parceiro mas assim que tiver gostava de já ter alguma informação. Porque até tenho alguns "tabus" comigo mesma, mas isso já tem a ver com a auto-estima. Mas pronto, gostei bastante :)

    ResponderEliminar
  3. gostei bastante. vi algumas que nem conhecia (:

    ResponderEliminar
  4. Fantástico! tenho adorado a tua rubrica! :)

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito do modo como estás a abordar este tema :)

    ResponderEliminar
  6. Adorei a tua rubrica, acho mesmo muito interessante :)

    ResponderEliminar
  7. r. Sim, é muito parecida. Na minha mente, a minha não será tão direta pois não me estou a ver a estar tão à vontade a falar. Vou tentar cingir-me às opiniões dos bloggers e às suas vivências

    ResponderEliminar
  8. Acho que esta rubrica é uma novidade pela blogosfera... Continua :)

    ResponderEliminar
  9. Podes ler pfv?
    http://veatravesdemim.blogspot.pt/2013/12/quero-descobrir.html

    ResponderEliminar
  10. Estou a gostar bastante da forma como estás a abordar este tema, sem qualquer tipo de tabus :)

    ResponderEliminar
  11. Gosto bastante da rubrica... li ali ao lado "pontos sensiveis neles" xD acho que isso não é nada dificil de descobrir alias eles conhecem.se tão bem... que mesmo que nos sejamos umas desajeitas eles dizem logo onde é bom... em nós é menos conhecido... é mais dificil... especialmente para chegar ao prazer que eles tem quando somos a descobri-los...

    em relação ao texto: é sempre bom aprender coisas novas... sugestões... afinal temos de ir alterando, explorando e procurando mais e melhor :D

    ResponderEliminar
  12. Muito interessante esta rubrica, tiveste uma excelente ideia :D *

    ResponderEliminar
  13. Rubrica interessante e abordada de uma excelente maneira, parabens :)

    ResponderEliminar
  14. É preciso trocar de preservativo a cada penetração ou usa-se o mesmo o tempo todo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende se há ou não risco do esperma sair e isso resulta sobretudo do tempo de manutenção da erecção total do homem. Mas, normalmente, após cada ejaculação, o pénis perde parte da erecção, mesmo que a recupere mais ou menos tempo depois. Só que, havendo quebra da erecção, há um enorme risco de saírem fluídos - esperma ou outro.
      Se não queres correr qualquer risco, obriga-o a pôr preservativo a cada erecção e a cada penetração, tendo o cuidado de o colocar com as mãos sem vestígios da ejaculação anterior. Percebeste ?

      Eliminar
  15. O post está muito bem feito. É uma boa base, faltando-lhe apenas uma das posições que mais prazer dá às mulheres e aos homens - a posição "de quatro", em que a penetração é feita por trás, com o homem agarrado à nossa cintura e ou às mamocas. Eu fico completamente doida quando o meu namorado "me come" assim. lol

    ResponderEliminar
  16. A rubrica está super bem conseguida, parabéns :)

    ResponderEliminar
  17. Ai ameeeeeei! Está super explicito e muito bem feito.

    ResponderEliminar