segunda-feira, 24 de março de 2014

E é este o País em que vivemos #1


Decidi criar um nova rúbrica "E é este o País em que vivemos". Consiste numa partilha de notícias que me revoltam acerca de Portugal e das condições em que se vive. Pode ser que no meio de tanta desgraça até apareçam notícias boas.


A primeira que vou partilhar com vocês é sobre uma senhora que empurra a cadeira de rodas da filha durante 10km para poder ter acesso a um médico.
Esta situação passa-se em Vaqueiros, um local que neste momento está sem centro de saúde de Setembro de 2013. Esta terra tem 300 habitantes e apenas um autocarro às 7h30 da manhã.
As pessoas que desejam ter acesso a um dos mais básicos direitos, precisam de pedir boleia, ou então têm que ir a pé.
Fico muito triste ao ver estas notícias. Ver que já não temos condições de sequer fornecer o direito a um médico em certos sítios. E entristeceu-me muito em ver que a senhora em questão só quer um sítio para morar com a filha, em que consiga trabalhar e ser útil para a sociedade.
Podem ver o vídeo da notícia na rtp1 aqui.

13 comentários:

  1. este pais canaliza dinheiros públicos para onde não deve! Saúde e educação ficam cada vez mais pobres! É realmente revoltante!

    ResponderEliminar
  2. Eu adorei essa tua ideia para uma nova rubrica.
    Infelizmente no nosso país há tantas coisas que estão erradas, tenho a certeza que vão ser mais as noticias "más" do que boas :x

    ResponderEliminar
  3. Adorei a ideia da rubrica. Com certeza que não te vão faltar coisas para falar.

    ResponderEliminar
  4. Boa ideia para a rubrica, acho bastante interessante blogues assim. :)
    Quanto à notícia o que se pode dizer... é o país que temos... muito triste...

    ResponderEliminar
  5. E pronto, depois ainda há quem me critique quando digo que nascer em Portugal é uma fatalidade. :(

    ResponderEliminar
  6. Boa rubrica :)
    É verdade, parece que as pessoas ultimamente parece que não crescem a nível de mentalidade :s
    Boa semana *

    ResponderEliminar
  7. que situação triste e desumana! não é justo :/

    Santi

    ResponderEliminar
  8. Gostei imenso da ideia desta rubrica. Esta situação que descreves é revoltante. Uns ganham imenso sem fazer nenhum,são sustentados pelos contribuintes e depois há pessoas com imensas necessidades etc que não têm qualquer tipo de apoios. Simplesmente revoltante, não consigo descrever melhor o meu sentimento.

    R: O que é importante e QUEM é importante .... :)

    ResponderEliminar
  9. gosto da ribrica e espero memso que apareçam noticias boas
    vou seguir

    beijinhos querida
    Chic Diary

    ResponderEliminar
  10. Infelizmente este é o pais em que vivemos...sem facilidade para quem precisa...mas por outro lado é cheio de pessoas de coração grande e amor para dar

    ResponderEliminar