quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Clones


Supostamente estamos num tempo de liberdade, em que cada um pode vestir aquilo quer, aquilo que gosta. A maior parte das pessoas defende isso. Mas a maior parte também ataca logo aqueles que se mostram diferentes: «Credo, já viste o cabelo daquela todo azul!»; «Aquela parece uma avozinha a vestir-se.», «Aquilo já não está nada na moda!»...
No outro dia, quando fui ao concerto de Seu Jorge, sentia-me rodeada por clones. Raparigas que não se conheciam mas que estavam todas vestidas de igual, ou muito parecidas. Os seus cabelos lisos compridos, umas leggings pretas, um casaco de ganga e malas semelhantes. Vítimas da moda. Não estou a dizer que estavam feias ou que não lhes ficava bem. Mas parece que as pessoas só gostam daquilo que outros as mandam gostar. Como se não conseguissem definir o estilo delas. Claro que acabamos todos por sucumbir um pouco as tendências da estação, afinal é o que se vende nas lojas. Mas não é preciso vestirmo-nos iguais aos manequins.

14 comentários:

  1. Detesto isso,é tão estupido!
    Para estar "na moda" precisamos de estar iguais uns aos outros,se não somos "parolos ou fora de moda".
    O mundo está a perder o juizo!

    ResponderEliminar
  2. Concordo contigo, as pessoas parecem andar todas de igual e depois criticam quem não se veste como elas.

    ResponderEliminar
  3. Sou tão contra isso. É algo que vejo aos montes na minha escola e irrita-me de certa maneira.
    Eu tento vestir aquilo de que gosto e bem me apetece.

    ResponderEliminar
  4. Totalmente de acordo. Eu sou fã de desigual (nota-se) as pessoas com quem convivo dizem, na grande maioria, que não é para elas devido às cores e estampados. Tanto me faz, gosto e sinto-me bem, isso é que me importa!
    E leggings é algo que não uso ahah gosto muitl de jeans :p

    ResponderEliminar
  5. Eu costumo estar sempre atenta às tendências, mas só compro quando realmente gosto. Aqui há uns tempos fui a uma escola do ensino básico e também senti isso... as miúdas do sétimo ano pareciam todas iguais, vestidas com leggings e crop tops xD

    ResponderEliminar
  6. concordo e também sinto isso à minha volta. anda tudo vestido de igual. isso tem alguma piada? puxa, é com cada crómia! :p

    ResponderEliminar
  7. Concordo, eu cá não me importo de ser diferente. Acima de tudo, visto o que gosto.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  8. É mesmo triste. É uma pressão horrível, sabes, porque se alguém se veste de forma esquisita vai ser automaticamente alvo de falatório mais cedo ou mais tarde. Tantos quotes que dizem para sermos nós mesmos, mas na hora da verdade somos empurrados para uma máquina de fazer exércitos de vítimas da moda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah! Não podia concordar mais!

      Eliminar